22 de nov de 2012

Pesquisadora curitibana lança livro sobre a história da Escola Alemã, mais conhecida como Colégio Progresso.




Lançamento do livro A ESTRADA DO POENTE: ESCOLA ALEMÃ/COLÉGIO PROGRESSO , acontece no dia 29/11, na Aldeia do Beto, às 19 horas.


Por muitos anos, a Escola Alemã, também conhecida como Colégio Progresso, fez parte em Curitiba do cenário da Rua Barão do Serro Azul, na atual Praça Dezenove de Dezembro. Porém, não foi somente no cenário da cidade que a escola fez a diferença:   No livro A ESTRADA DO POENTE: ESCOLA ALEMÃ/COLÉGIO PROGRESSO estão registradas as memórias da comunidade de descendentes dos imigrantes alemães e de ex-alunos que tiveram o privilégio de estudar na escola e receber sua formação escolar e ainda manter a cultura da terra natal. A obra, que será lançada no próximo dia 29, foi escrita pela professora Regina Maria Schimmelpfeng de Souza e é baseada em sua dissertação de mestrado defendida na Pós-Graduação em História da Universidade Federal do Paraná (PGHIS-UFPR).

A Escola Alemã foi criada  em meados do século XIX, a partir de uma iniciativa dos membros da Comunidade Evangélica de Curitiba. Estes oriundos de outras colônias de imigrantes, principalmente de Joinvile (SC) e Rio Negro (PR), haviam resolvido investir no capital cultural dos seus descendentes, proporcionando-lhes a educação formal em sua língua materna.

Uma história totalmente ligada com as histórias de inúmeros imigrantes alemães que se fixaram em Curitiba nos séculos XIX e XX, em busca dos “caminhos do progresso” na belle époque curitibana, passando pela Grande Guerra, período de questionamentos sobre a nacionalidade de imigrantes alemães, reestruturando-se diante das dificuldades impostas a estes, pelas políticas implantadas pelo Estado Novo, especialmente a chamada Campanha de Nacionalização do Ensino e, por fim, sucumbindo durante a Segunda Guerra Mundial.

O TRISTE DESFECHO

Segundo a autora, a imponência e arquitetura da Escola situada no centro da cidade teve um triste desfecho. Com as obras de alargamento da Rua Barão do Serro Azul em andamento, optou-se pela demolição do edifício escolar. Como parte de um projeto comemorativo ao Centenário de Emancipação Política do Paraná, em 1953, a nova Praça Dezenove de Dezembro foi inaugurada.

Frios monumentos de pedra e cimento pretenderam pasteurizar o local, em nome do progresso. A imagem da "velha Escola Alemã", bem como as roseiras existentes na praça, as "peladas" com "bolas de meia", os sons dos risos dos "alemãezinhos de cara sardenta", as tonalidades mutantes dos "cabelos ruivos a trepar pelas orelhas" e dos "olhos coloração azul-castanho" desbotam no tempo, evocadas de quando em vez, pelo saudosismo de alguns.

Como documento, restou um conjunto de fotografias, sem identificação, descobertas ao acaso, clamando por uma compreensão do que está ausente. Enquanto lugar, a Escola Alemã/Colégio Progresso foi representada no livro pelas memórias dos que ali vivenciaram sua experiência escolar. A imagem da "velha Escola Alemã" foi remontada por ricos relatos que esta obra traz. 

 Sobre o livro:
 O projeto que resultou no livro ESTRADA DO POENTE: ESCOLA ALEMÃ/COLÉGIO PROGRESSO foi  realizado com o apoio da prefeitura municipal de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Fundo Municipal de Cultura - Programa de Apoio e Incentivo à Cultura" e teve como incentivador o Banco do Brasil. Após o lançamento ele pode ser comprado na ARTE & LETRA EDITORA E LIVRARIA, Rua Pres. Taunay, 130 -Fone: (41) 3223-5302




Máquina de Escrever  Editora e Gestora Cultural


A Máquina de Escrever Editora e Gestora Cultural, responsável pela obra, é reconhecida em Curitiba como grande incentivadora da pesquisa e valorização do Patrimônio Histórico Imaterial. Assina outros livros como, por exemplo, a obra que reconta a história da Padaria América, o documentário que registra a broa de centeio como patrimônio da cidade e, também, o recém lançado livro que registra a história do centenário Bar Palácio. Estas e outras obras fazem parte dos trabalhos já realizados pela editora. Fundada em 2010, tem em sua equipe um conjunto de pesquisadores e profissionais que correm atrás de redescobrir Curitiba.  


Serviço
Lançamento do livro A ESTRADA DO POENTE: ESCOLA ALEMÃ/COLÉGIO PROGRESSO
 29/11
 Aldeia do Beto – Rua Professor Brandão, 678. Alto da XV
19 horas


Assessoria de imprensa – Ana Carolina Caldas (41)92114915