12 de mar de 2016

PAUTA: Público vai escolher quanto paga em peças no Fringe do Festival de Curitiba

A produtora carioca  Quebra Perna Produções, formada através de uma iniciativa colaborativa, traz para Curitiba 36 trabalhos teatrais de diferentes companhias independentes do Rio de Janeiro. Além dos espetáculos, chegam com uma nova proposta para o Festival de Curitiba: quem decide o valor dos ingressos é o público.

A iniciativa que começou através da necessidade de suporte à produções sem patrocínio, conta com o Movimento dos Sem Ingresso, para distribuir arte e cultura para todos. Para a produtora, esta é uma forma de democratizar o acesso e também contribuir para formação de plateias, que darão sua opinião crítica, escolhendo o valor do ingresso. As peças são gratuitas e a colaboração do ingresso é feita através do recolhimento por chapéu no final de cada espetáculo.

 Fazem parte desta iniciativa as Mostras Especiais do Intercambio Fitu – Festival Integrado de Teatro da Unirio que acontece no TEUNI – e a Mostra de Cenas Autorais e Independentes, esta que estará no Teatro Novelas Curitibanas. Ambos realizados sem patrocínios, com a premissa de valorização do trabalho do artista e projetos universitários que rompem a barreira do acadêmico, viabilizando a difusão da arte.

Os trabalhos ficarão em cartaz em diferentes pontos da cidade entre os dias 23 e 28 de março, abrindo  com “Dois perdidos numa noite suja” do grande autor brasileiro, Plínio Marcos, que completaria 81 anos em 2016. O espetáculo acontece no TUC, no dia 23, às 19 horas. Para saber mais informações a respeito das outras peças visite a página da produtora no facebook ou no site www.quebraperna.com. 



Informações assessoria de imprensa: Ana Caldas