31 de mar de 2017

Projeto Capoeira Criança lança livroem escola da rede municipal de ensino

Um professor de educação física  e uma historiadora levaram a sensibilização do corpo e da mente através da capoeira para crianças de escolas municipais de Curitiba durante todo o ano de 2016. Rodrigo Fonseca é professor de educação fisica e arte educador e trabalha  há 15 anos no ensino da capoeira  que une movimento, música e ritmo. Por acreditar na capoeira para a formação cultural e emocional das crianças desenvolveu junto com sua companheira  Lilliany Rodriguez, um projeto que durante um ano levou a capoeira para três escolas do município, como atividade extra curricular, desenvolvida a partir de uma perspectiva pedagógica, em que as crianças ao adentrarem neste universo  com seus instrumentos, músicas, ritmos, símbolos e rituais são convidados a fortalecer suas potencialidades cognitivas, afetivas, sócio culturais e estéticas que influenciam na formação de suas identidades culturais. “Num momento em que a tecnologia fala mais alto, é preciso fazer com que as crianças reaprendam a brincar, respeitar e usar o corpo para que o mesmo traga mais saúde, concentração e principalmente o lúdico.  Sentir mais prazer brincando com o corpo do que dedilhando um tablet. Este é o principal objetivo”, explica Rodrigo.

Para contar sobre este trabalho aliado as pesquisas realizadas sobre a relação da capoeira e a criança, sua formação e desenvolvimento, os idealizadores do projeto lançam o livro CAPOEIRA CRIANÇA, que privilegia o registro das atividades e apresenta as múltiplas possibilidades da articulação entre  capoeira, arte e educação, na prática. Registros fotográficos, os desenhos feitos pelas crianças e relatos são parte do conteúdo deste livro.  Um dos objetivo é que a obra seja acessível também para as crianças.  O lançamento acontece no próximo sábado, dia 01 de abril, às 09h, no Centro Municipal de Educação Infantil Nelly Almeida, na Rua Dr. Reynaldo Machado, 291, Rebouças.  


Segundo os criadores do projeto, a capoeira não é praticada nas escolas municipais, com exceção de entradas de projetos como este.
“ Percebemos ao longo do ano que as crianças cresceram muito e aprenderam a cooperação e ter alegria brincando com o corpo!” O projeto aprovado pela Lei Municipal de Incentivo a Cultura e com patrocínio do Banco do Brasil, atendeu ao todo 100 crianças. Tanto a publicação do livro como a produção do projeto tem a contribuição da Editora e Gestora Cultural Máquina de Escrever.


Serviço:
Lançamento do Livro Capoeira Criança.
Dia 01/04, às 09h  no Cmei Nely Almeida