24 de jun de 2014

Projeto da Copa leva oficina de doces alemães de Curitiba para Salvador‏

Através do edital do Ministério da Cultura voltado para eventos na Copa do Mundo, a pesquisadora curitibana Juliana Reinhardt,  aprovou seu projeto Oficina Doces Tradicionais Alemães. Juliana que  é historiadora e nutricionista, é autora da tese de doutorado Dize-me o que comes e te direi quem és: alemães, comida e identidade”, pesquisa sobre tradições culinárias de alemães em Curitiba. O objetivo do edital  é promover intercâmbio entre culturas do país. Por isso, a oficina sobre doces alemães vai para Salvador nos dias 03, 04 e 05 de julho e serão realizadas no Centro Universitário Estácio da Bahia.
 
O projeto aprovado consiste na realização de cinco oficinas de elaboração dos doces tradicionais alemães, ministradas pela artesã curitibana de doces D. Rosamaria Lohman Konieczniak. Cada oficina atenderá a um público de 30 pessoas, com o objetivo de ensinar a fazer alguns dos doces tradicionais alemães, com duração de 4 horas. A doçaria alemã, presente na mesa dos descendentes de imigrantes, além de refinada, se traduz em um bem cultural transmitido de geração para geração. Transmitidos de mãe para filha, seja através apenas da oralidade, seja pelos cadernos de receitas, trazem consigo histórias da Curitiba do século XX, de eventos marcantes como os primeiros contatos dos alemães com as terras curitibanas, destacando o período que compreendeu as duas grandes guerras mundiais.
 
As oficinas de elaboração dos doces são o ponto central do evento, e serão acompanhadas da exibição de um documentário que registrou a broa de centeio como Patrimônio Cultural Imaterial de Curitiba no ano de 2008 e pela distribuição gratuita para cada participante de livros  “A Padaria América e o pão das gerações curitibanas”, “Diz-me o que comes e te direi quem és: alemães, comida e identidade” e “Entre Strudel Bolachas e Stollen: receitas e memórias”, todos de autoria de Juliana Cristina Reinhardt, proponente deste projeto. Juliana realizará nos intervalos um bate papo sobre o tema.  
 
O evento é uma realização da Máquina de Escrever Editora e Gestora Cultural e o Ministério da Cultura.
 
Doces Tradicionais 
 
Entre os doces a serem ensinados estão o Kuchen ou Streuselkuchen (bolo assado coberto com farofa de manteiga e açúcar, podendo haver frutas em sua composição e servido nos finais de semana e comemorações); Stollen (bolo ou pão feito no Natal, com passas, frutas cristalizadas, nozes, castanhas e coberto com açúcar de confeiteiro); Strudel (formato de rocambole, massa finísssima e trabalhosa, feito a base de farinha de trigo e recheado com maças, passas, nozes, temperadas com manteiga, canela e açúcar); biscoitos de grande variedade, utilizando nozes, castanhas e chocolate, além de outras preparações.
 
 
 
Serviço
 
A programação da oficina consiste em uma palestra sobre a história dos imigrantes alemães de Curitiba a partir de sua culinária - ministrante: Juliana Cristina Reinhardt (nutricionista e doutora em História da Alimentação); 2- exibição de documentário de 26 minutos - A Broa nossa de cada dia - patrimônio cultural imaterial de Curitiba; 3- oficina de 2 a 3 receitas de doces tradicionais alemães - ministrante: Rose Konieczniak (artesã de culinária tradicional alemã).
 
Local: Centro Universitário Estácio da Bahia
Endereço: Rua Xingu nº 179 Bairro Stiep
 
 
 
 
 
Professoras
 
Rosamaria Lohmann Konieczniak
 
Rosamaria Lohmann Konieczniak, mais conhecida como Dona Rose ou Rosemarie, coleciona receitas desde criança. Sempre nutriu paixão pela culinária alemã. Suas receitas já passaram pelas cidades de Petrópolis, Rio de Janeiro, Marechal Cândido Rondon, Balneário Camboriú onde inclusive abriu um Café Colonial.  Mora em Curitiba desde 1990 onde ministra cursos de culinária alemã da Delícias da Rosemarie. Nas oficinas ela irá ensinar com todo seu jeito alemão as receitas de família.
 
Juliana Cristina Reinhardt
 
Juliana Cristina Reinhardt é nutricionista com mestrado e doutorado em História da Alimentação. Suas pesquisas viraram livros – A padaria América e o pão das gerações curitibanasDiz-me o que comes e te direi quem és: alemães, comida e identidadeEntre strudel, bolachas e stollen: receitas e memórias.
 
Entre uma receita e outra irá falar sobre as lembranças que a comida desperta e a cultura alimentar paranaense.
 
 
 
oficinas
 
Serão 5 oficinas com receitas diferentes, uma mais gostosa que a outra.
 
1ª Oficina
 
Dia 03 de Julho | 8h ao 12h
Cucas: Farofa, frutas e chocolate
Biscoitos: Estrela (Zimsterne)
 
 
2ª Oficina
 
Dia 03 de Julho | 14h às 18h
Stollen de Marzipã
Biscoitos: Speculatius / Vanilekipfel
 
 
3ª Oficina
 
Dia 04 de Julho | 8h ao 12h
Torta Alemã | Biscoitos: Amanteigados Recheados / Amendoim  
 
 
4ª Oficina
 
Dia 04 de Julho | 12h às 18h
Tortas: Linzertorte e Torta do Céu
Biscoito: Amanteigada com Aparelho
 
 
5ª Oficina
 
Dia 05 de Julho | 8h ao 12h
Strudel de Maçã
O famoso Apfelstrudel !
 
 
 
 
Todas as oficinas
 
são gratuitas e
 
com material incluso!
 
 
 
Realização - Ministério da Cultura e Editora Máquina de escrever
 
Crédito foto 1 - Gilson Camargo - Autora do projeto Juliana Reinhardt
Créditos fotos 2 ( Dona Rose), 3 e 4 - divulgação
Assessoria de imprensa - Ana Caldas - (41) 88828580 begin_of_the_skype_highlighting (41) 88828580 GRÁTIS  end_of_the_skype_highlighting