7 de nov de 2010

CURITIBA, A CIDADE QUE DIZIAM TIMIDA...

AH! Pode sim ter sido um evento apenas. E eu que sempre critiquei a política cultural que vira política de eventos. Sim, sempre critiquei...mas ... Me rendo à virada cultural. Deslumbre? Sei lá. Mas não tem preço ver a minha cidade que sempre achei tão pacata dançando pulsante colorida e ensolarada. Claro, o sol ajudou ainda mais tratando-se de Curitiba, cidade da metereologia tão ingrata. Mas as pessoas estavam ensolaradas como se estivessem comemorando algo há tanto tempo reivindicado. Sabe, me pareceu a história da família que aponta o dedo para o filho e diz: Ah ele é tímido, não sabe dançar! Um belo dia, no meio da praça o menino com a alma que nunca foi tímida mas ocupou este papel dado pela família, escutou musica que saia das árvores, do chão e do vento e começou a dançar a dança mais linda que a cidade já viu.

Nenhum comentário: