22 de jul de 2015

Estudante de jornalismo lança livro escrito com ponteira adaptada à cabeça


O estudante do curso de Jornalismo do UniBrasil Centro Universitário, Márcio Taniguti, lança seu segundo livro de poesias no próximo dia 17 de agosto, às 19h, no campus da Instituição. A obra “Ecos do Tempo” relata a vida e superação, refletindo o amadurecimento do menino que, desde pequeno, sempre teve uma vontade incontrolável de escrever.

O livro é o resultado da busca pela humanidade, segundo o seu prefácio. “A poesia não serve para nada, ela não dá emprego, ela não me torna mais rico, nem mais isso, nem mais aquilo. Mas ela atende a uma fome primeira nossa, que é a fome de sentido, de beleza, de significado. Oferecer isto é um ato de humanidade. A este apelo de humanidade atendeu Marcio Taniguti. A vida privou-lhe de grande parte de suas funções físicas, mas contemplou-o com uma mente privilegiada. A sua poesia é vida”, escreve Ney José de Freitas, ocupante da cadeira de número 7 na Academia Paranaense de Letras e que prefacia a obra.

Ao nascer, Marcio apresentou insuficiência de oxigenação no cérebro e, em decorrência, uma paralisia cerebral que o fez perder totalmente a coordenação motora. Ao se deparar com sua paixão pela escrita, adaptou uma ponteira à cabeça, inventada por seu pai; Desde 2009 começou a escrever contos, poesias e crônicas no computador e, em 2011, lançou seu primeiro livro “Meus primeiros passos”.




O lançamento acontece em parceria com a editora Maquina de Escrever no dia 17 de agosto, às 19h, no Auditório Glaci Zancan, no campus da Instituição.

Clique aqui e descubra como o autor produz suas obras.


Serviço:
ECOS DO TEMPO
Lançamento dia 17 de agosto, às 19h
Local: UniBrasil – Rua Konrad Adenauer, 442 – Tarumã – Auditório Glaci Zancan (Bloco 04)
Realização: UniBrasil e Maquina de Escrever Editora
Entrada gratuita.


link da matéria: http://www.unibrasil.com.br/noticias/detalhes.asp?id_noticia=12838



Informações e foto: Ana Carolina Caldas - Máquina de Escrever Editora

Nenhum comentário: